Qual é o tempo da verdade?

Resta um equívoco, este um pouco mais difícil de um estudante se livrar, que é o de valorizar mais o que foi dito em alguma época passada, por ter sido dito em tal época. É que a gente começa a achar que aqueles tempos eram melhores para saber das coisas, mas isso aí é besteira. Estão lá Platão e Aristóteles, e uma multidão de ignorantes analfabetos em volta, como vai haver em toda época. Ah, mas tem a Escolástica… é a mesma coisa, tem um monte de jumento em torno. Os ignorantes não aparecem na sua memória, porque o que os idiotas disseram foi esquecido, só isso. Não é a época que uma verdade é dita que a faz ser verdade, mas sim o seu fundamento que independe do tempo. Perceber isso é se libertar de algum modo, e ter esperança na inteligência atual, porque quer dizer que se eu levar a sério esse negócio eu posso ver alguma coisa que algum sábio de qualquer Século anterior viu também! Isso aí é que a gente tem que ter em mente, que a Verdade está aí, a mesma de sempre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s