Não se esqueça da bandeira vermelha

Dilma

É bem significativo que chamem de “bandeira vermelha” o rótulo da situação de sobrecarga do sistema energético que causa justamente o sobrepreço no valor cobrado na nossa conta de energia.

Funciona como um resumo da nossa história com o PT: eles destroem tudo e depois nos cobram a conta.

Eis a bandeira vermelha: é a bandeira do PT, da sua gestão ineficiente, incompetente, corrupta e, last but not least, totalitária.

Gozado isso. Recebi ontem a minha conta de energia. O valor é pornográfico, embora eu não tenha aumentado muito o meu consumo pessoal. Isso se explica pela tal bandeira vermelha: o país está usando toda a sua capacidade de geração para abastecer a rede e suprir a demanda.

Vamos lembrar das coisas. Adoro lembrar das coisas, é um dos meus vícios.

Como as melancias, a exemplo de Marina Silva, quiseram no passado proteger os sapos e as pererecas desse matão que é o Brasil impedindo a construção de usinas hidrelétricas com amplos reservatórios de água, nós ficamos dependentes dos sistemas chamados “a fio d’água”, ou seja, com reservatórios menores, que geram menor impacto ambiental. Ocorre que essa solução ecológica não foi antes combinada com a própria natureza –vejam só que ironia– e veio uma seca violenta esgotar os reservatórios das usinas. O país teve então que apelar para a geração termelétrica que queima, entre outras coisas agradáveis para o meio-ambiente: carvão, óleo, gás, etc. O grande pensamento ecológico das nossas lideranças deu nisso: poupa-se os sapos e as pererecas para jogar toneladas de sujeira na nossa atmosfera. Muito inteligente. E, detalhe: bem mais caro.

Pois bem, acontece que mesmo a geração de energia no sistema termelétrico possui o seu limite, e nós não estamos tão longe dele. A bandeira vermelha, essa marca petista por excelência, representa o esforço extra necessário para se pagar a conta das termelétricas e, ao mesmo tempo, de acordo com a sabedoria burocrática governamental, isso causa um impacto no preço que serve para reprimir um pouco a demanda, o que leva a reduzir a pressão no sistema de geração do país.

Mas, espera aí, nós estamos numa fase de queda vertiginosa da atividade econômica. Ou não estamos?

Se, ainda assim, cobram-nos a conta com a bandeira vermelha, isso quer dizer que a situação do sistema de geração está bem pior do que se imaginou recentemente.

Portanto, se alguém tiver a esperança de que o país volte a crescer em breve, não se preocupe: isso não vai acontecer, pois não haverá energia suficiente.

Não haverá energia!

Ou então o sistema de cobrança com as bandeiras é uma fraude com fins puramente arrecadatórios, o que não é difícil de se imaginar num país tão bem organizado e administrado como o Brasil. Tertium non datur.

Escolha a sua pior hipótese favorita e seja feliz com ela.

Toda vez que for pagar a sua conta de energia, não se esqueça da bandeira vermelha. Não se esqueça do PT.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s